Translate

terça-feira, maio 10, 2016

Estudiosos das sagradas escrituras, afirmam que Jesus Cristo era negro

Por que alguns estudiosos, das sagradas escrituras, afirmam que Jesus Cristo era negro? Será que, um punhado de especialistas tem razão, ao afirmar que essa verdade ficou oculta, por milênios? Graças à globalização digital, vamos descobrir, pois, não existe nada escondido, que não venha a ser revelado, ou oculto, que não venha a ser conhecido (Lucas 12:2). Que a verdade seja exaltada! para glória do criador! e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará (João 8:32).

Cheikh Anta Diop derrubou o racismo cientifico, ao provar que o Egito antigo era uma civilização negra.

Cheikh Anta Diop (1923-1986) foi um polímata senegalês formado em Física, Filosofia, Química, LingüísticaEconomia, Sociologia,História, Egiptologia, Antropologia, versado em diversas disciplinas como o racionalismo, a dialética, técnicas científicas modernas, arqueologia pré-histórica...Enfim, um homem que estudou as origens da raça humana, e a cultura africana pré-colonial. Ainda hoje ele é considerado como um dos maiores historiadores africanos do século XX. E foram estes conhecimentos que Diop utilizou para dar base à tese que iria defender mais tarde, que fala do Egito antigo, como uma civilização composta por pessoas negras.
Reportagem completa no site Hebreu negro

Nenhum comentário: