Translate

sexta-feira, janeiro 29, 2016

Pirâmides surgem no Polo Sul com o degelo

Pesquisadores da Europa e dos EUA fizeram uma descoberta surpreendente, encontrando na Antártida três objetos parecidos com pirâmides. Além disso, os cientistas afirmam que os monumentos antigos encontrados na costa são de origem artificial.
“Acreditamos com garantia que a Antártica sempre foi um lugar hostil e gélido, mas apenas agora que as calotas de gelo apareceram na história geológica”, disse Jane E. Francis da Universidade de Leeds ao BBC.
Antes de mais nada, devemos considerar que em um passado remoto a Antártica foi um ‘continente verde’ coberto de vegetação.
Com seus 14 milhões de quilômetros quadrados, a Antártica é o quinto maior continente do planeta, em outras palavras, duas vezes maior que a Austrália. Há muito espaço para esconder segredos por debaixo de tanto gelo.
De acordo com o site Voice of Russia, muito pouco se sabe acerca das pirâmides e o time da expedição estaria mantendo sigilo sobre os detalhes da descoberta.
Caso os pesquisadores provem que as pirâmides são de origem artificial, provavelmente essa descoberta trará uma grande revisão na história contada.

Muito se especula que a Antártica tenha sido ‘colonizada’ no passado, e caso isso tenha realmente acontecido, há muito mistério escondido por debaixo do imenso tapete branco, assim como nas densas florestas espalhadas pelo mundo.
Oficialmente, o continente foi descoberto em uma expedição Russa em 1820, mas há mitos de que Terra Australis, misterioso continente presente em mapas do passado, sendo citado primeiramente por Aristóteles.
Pessoas acreditavam que o lugar chamado Terra Australis existiu, e era onde o equilíbrio para a Europa, Ásia, e o Norte da África acontecia. Essa ideia existe desde o tempo do cientista grego Ptolomeu, no primeiro século.
As expedições à Antártica são extremamente difíceis e de elevado orçamento, e sem equipamentos adequados os seres humanos não aguentariam muito tempo nesse inóspito local.

Nenhum comentário: