Translate

quarta-feira, setembro 23, 2015

Maria Clara Araújo, a primeira garota-propaganda trans do Brasil

Marca de cosméticos escolhe uma trans para representar seus produtos e ampliar a representatividade das mulheres na mídia. “Quando me assumi uma mulher trans, procurei no Google sobre o assunto e encontrei notícias sobre morte, criminalidade, só coisa ruim”, diz Maria Clara Araújo, 19, a primeira garota-propaganda trans do Brasil que, em parceria Lola Cosmetics, pode começar a transformar a forma como essas mulheres são vistas e representadas.


Nenhum comentário: