Translate

quinta-feira, julho 16, 2015

“Aceitem as pessoas como elas são”, pede Caitlyn Jenner, em discurso emocionado

Na noite desta quarta-feira (15), rolou em Los Angeles, o “ESPY Awards”, evento que premia os melhores atletas do ano, dos EUA e Caitlyn Jenner foi uma das homenageadas. A maravilhosa recebeu o prêmio “Arthur Ashe” por sua coragem em lutar pelos direitos dos transsexuais e encarar o preconceito, após assumir a nova identidade. Com um Versace branco deslumbrante, Cait se emocionou ao falar sobre as dificuldades enfrentadas durante a trajetória. “Toda vez que me coloco em frente à minha vida, vejo-me encarando situações de alta pressão, mas isso nunca havia acontecido de forma tão forte como nos últimos meses. Okay gente, eu consegui, mas foi muito difícil. Em todo o mundo, há jovens passando por essa situação e tentando descobrir como lidar com isso. Eles estão sendo intimidados. Eles estão sendo assassinados. E eles estão cometendo suicídio. Essa é a realidade do que é ser trans nos dias de hoje”. A ex-atleta olímpica prosseguiu com o discurso, pedindo respeito às pessoas trans. “O meu apelo para vocês esta noite é que se juntem a mim, tornando este um dos seus problemas também. Como é que vamos começar? Com a educação. Conheça o máximo que puder sobre as outras pessoas e busque entendê-las. Eu sei que todo mundo neste auditório tem respeito pelos seu trabalho lá fora. Eu treinei duro. Eu competi duro. E as pessoas me respeitavam por isso. Mas essa transição tem sido mais difícil para mim, mais que qualquer outra coisa que eu poderia imaginar. Pessoas trans merecem algo vital. Elas merecem o seu respeito. Desse respeito, vem uma comunidade mais compassiva. Um mundo melhor para todos nós”. Na plateia, os filhos Brody, Kylie e Kendall e as enteadas Kourtney, Kim e Khloe puderam assistir Caitlyn agradecendo pelo apoio da família. “Meu maior medo sempre foi machucar alguém, principalmente minha família e os meus filhos. Eu sempre quis que eles fossem orgulhosos do pai. Vocês fizeram tantas coisas por mim, eu sou assim tão grata por ter todos vocês na minha vida. Obrigada. E minha mãe, que teve de fazer uma cirurgia esses dias, está aqui comigo esta noite para compartilhar isso. Sempre achei que eu tinha a coragem e determinação do meu pai, que lutou muito, mas estou percebendo agora, que…mãe, eu herdei essa qualidade de você. Eu te amo tanto. Estou tão feliz por você estar aqui para compartilhar isso comigo”. É uma honra ter a palavra ‘coragem’ associada à minha vida. Mas, nesta noite, outra palavra vem à minha cabeça e é ‘felicidade’. Se você quiser me xingar, fazer piadas, duvidar das minhas intenções, vá em frente. Eu aguento. Mas há milhares de crianças lá fora tentando chegar a um acordo sobre quem elas são e elas não deveriam ter de lidar com isso. Então, às pessoas que estão se perguntando se isso tudo é coragem ou publicidade, é o que acontece a partir daqui. Não é sobre uma só pessoa. É sobre milhares de pessoas, não apenas sobre mim. É sobre todos nós aceitarmos uns aos outros. Aceitem as pessoas como elas são”, encerrou ela, limpando as lágrimas.
Hugogloss

Nenhum comentário: