Translate

quinta-feira, junho 18, 2015

OMS alerta para epidemia do vírus MERS

Na Coreia do Sul, a síndrome já causou 20 óbitos e infectou 162 pessoas. Segundo organização, todos os países devem aumentar a vigilância.
Para a OMS, a epidemia de MERS na Coreia do Sul é um alerta para que todos os países se preparem para a possibilidade de doenças infecciosas graves(Kim Hong-Ji/Reuters)
A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou nesta quarta-feira que a epidemia de MERS, que provocou 20 mortes na Coreia do Sul e uma na Alemanha, é um sinal de alerta para que todos os países aumentem a vigilância em relação à doença."Todos os países deveriam estar preparados para a possibilidade de focos similares a este e de outras doenças infecciosas graves", destaca um comunicado da organização.
Apesar do alerta, a OMS decidiu não declarar estado de emergência internacional pelo coronavírus MERS porque ainda "não se apresentam as condições". Desde o final de maio, quando o MERS (Síndrome Respiratória do Oriente Médio) foi detectado em um homem de 68 anos na Coreia do Sul, após uma viagem à Arábia Saudita, a doença teve uma rápida expansão. Até agora, foram 162 pessoas infectadas no país. O Mers é considerado um "primo", mais mortal, mas menos contagioso, do vírus responsável pela Síndrome Respiratória Aguda Severa (Sars) que, em 2008, fez cerca de 800 mortos em todo o mundo. Como o Sars, provoca infecção pulmonar e os afetados sofrem febre, tosse e dificuldades respiratórias, não havendo, por enquanto, tratamento preventivo para a doença. De acordo com a OMS, o vírus apresenta uma taxa de mortalidade de quase 35%.


Veja

Nenhum comentário: