Translate

sábado, fevereiro 07, 2015

ONU denuncia drama de crianças vendidas pelo ‘EI’ como escravas sexuais

Meninas vendidas como escravas sexuais, jovens deficientes mentais atuando como homens-bomba e meninos crucificados ou enterrados vivos. Esses são alguns crimes supostamente cometidos contra menores de idade por militantes do autoproclamado "Estado Islâmico" e de outros grupos armados do Iraque – segundo um relatório do Comitê dos Direitos da Criança das Nações Unidas. O comitê, cujos especialistas monitoram o cumprimento da Convenção dos Direitos da Criança por países signatários, avaliou na quarta-feira a situação dos menores no Iraque.
Reportagem completa na BBC Brasil


Nenhum comentário: