Translate

quinta-feira, janeiro 15, 2015

Ninguém com menos de 80 anos morrerá de câncer após 2050, dizem cientistas

Mudanças no estilo de vida e novos tratamentos seriam os fatores que levariam a uma forte diminuição no número de mortes causadas pela doença.

Um estudo publicado por pesquisadores da University College London indicou que o câncer não matará ninguém abaixo dos 80 anos até o ano de 2050, devido aos avanços nas ações de prevenção e tratamento. Segundo os pesquisadores, pequenas doses diária de aspirina seriam uma ação bastante efetiva na prevenção da doença.
O professor que lidera o grupo de pesquisas, Jack Cuzick, advertiu que as unidades de saúde deveriam alertar aos pacientes entre 50 e 65 anos para que tomem aspirina AAS por uma década. De acordo com ele, estudos indicaram que a medida reduz os riscos de câncer, de ataques cardíacos e de derrames em 7% a 9% ao longo de 15 anos e diminuiria o índice de mortes para menos de 4% em duas décadas.

Nenhum comentário: