Translate

quarta-feira, dezembro 24, 2014

QUAL É O PAÍS COM MAIS ATEUS NO MUNDO?

É a Suécia. Lá, 85% da população não tem nenhuma crença ou não acredita em Deus. Esse foi o resultado da pesquisa Ateísmo: Taxas e Padrões Contemporâneos, do sociólogo norte-americano Phil Zuckerman. Segundo ele, os suecos aprendem sobre cada uma das religiões na escola e são livres para escolher seguir ou não uma delas. E isso se repete na maioria dos países com alto índice de ateísmo. Vale lembrar que o estudo engloba ateus, agnósticos e não-crentes em Deus e o ranking é baseado na porcentagem populacional de cada país. Enquanto os ateus negam a existência de Deus, os agnósticos garantem não ser possível provar a existência divina. Crer ou não crer? - Os números da religião e do ateísmo no mundo.
1) Suécia: 85% - População: 8,9 milhões - Ateus: 7,6 milhões. Um dos países com melhor teor de vida.
(2) Vietnã: 81% - População: 82,6 milhões - Ateus: 66,9 milhões - O budismo e o taoísmo, religiões comuns por lá, são vistos como uma tradição, e não crença.
(3) Dinamarca: 80% - População: 5,4 milhões - Ateus: 4,3 milhões - Um levantamento da ONU aponta que países com boa taxa de alfabetização tendem a ser mais descrentes.
(4) Noruega: 72% - População:4,5 milhões - Ateus: 3,2 milhões
(5) Japão: 65% - População: 127 milhões - Ateus: 82 milhões - Em 2008, o pesquisador britânico Richard Lynn concluiu que países com alto QI são mais ateus. É o caso da população japonesa, que mantém a média 105 - uma das mais altas já registradas.
(6) República Tcheca: 61% - População: 10 milhões - Ateus: 6,2 milhões
(7) Finlândia: 60% - População: 5,2 milhões - Ateus: 3,1 milhões
(8) França: 54% - População: 60,4 milhões - Ateus: 32,6 milhões
(9) Coreia do Sul: 52% - População: 48,5 milhões - Ateus: 25,2 milhões.

Os países com melhores índices de desenvolvimento humano são os que tem maior número de ateus e agnósticos (Suécia, Dinamarca, Noruega, França, etc)
Em poucas palavras a crença e a religião na maioria das vezes estão ligados ao analfabetismo.

Nenhum comentário: