Translate

sexta-feira, dezembro 12, 2014

Deutsche Bank deposita R$ 52 milhões de indenização por ter movimentado recursos desviados por Paulo Maluf quando prefeito

O Deutsche Bank, um dos principais bancos alemães, depositou nesta quarta-feira (10) o equivalente a US$ 20 milhões como indenização por ter recebido e movimentado recursos desviados por Paulo Maluf durante sua gestão na Prefeitura de São Paulo, entre 1993 e 1996. A informação foi publicada pelo jornal Folha de S.Paulo.
Em reais, a indenização chega a R$ 52 milhões: R$ 46,4 milhões vão para a Prefeitura de São Paulo e devem ser usados na compra de terrenos para a construção de creches.
Em fevereiro, o banco alemão fechou acordo com o Ministério Público estadual e a Prefeitura em troca de garantia de que não será alvo de ação judicial.
Segundo a Folha, Maluf disse, por meio de sua assessoria, que espera que a prefeitura "faça bom proveito" da quantia depositada pelo Deutsche Bank.
Embora tenha tido sua candidatura barrada pelo Tribunal Superior Eleitoral com base na Lei da Ficha Limpa, Maluf recorreu e foi reeleito pelo PP de São Paulo nas eleições deste ano com 250 mil votos. Agora, ele aguarda decisão sobre se poderá ou não tomar posse no início de 2015.
Embora não haja uma data definida para essa decisão, ela deve ocorrer até 20 de dezembro segundo a revista Exame. Nessa data, o Poder Judiciário entra em recesso e até lá todos os candidatos eleitos têm que ser diplomados pela Justiça Eleitoral.
hipnoseandreiacamargo.jpg

Nenhum comentário: