Translate

sábado, novembro 22, 2014

Delatora de escândalo na Fifa diz temer por sua vida

Autora de denúncias sobre corrupção envolvendo a escolha do Catar pela Fifa como sede da Copa do Mundo de 2022, Phaedra Al-Majid, disse à BBC que teme por sua vida. Al-Majid, que trabalhou como assessora de imprensa da candidatura do país árabe até 2010, foi ouvida repetidas vezes como testemunha na investigação de dois anos sobre possíveis irregularidades no processo de escolha do Catar para a Copa de 2022 e da Rússia para a de 2018. As investigações foram conduzidas por um advogado americano, Michael Garcia, contratado pela Fifa, e submetidas à apreciação do juiz alemão Hans-Joachim Eckert, presidente do comitê independente de ética da Fifa.
BBC Brasil

hipnoseandreiacamargo.jpg

Nenhum comentário: