Translate

quarta-feira, outubro 01, 2014

'Beijaço' contra homofobia fecha principal avenida de São Paulo


"Vai para a (avenida) Paulista e anda por lá um pouquinho. É feio o negócio", disse no último domingo o presidenciável Levy Fidelix (PRTB), em referência ao eleitorado LGBT.
Dito e feito: na tarde desta terça-feira, um grupo estimado pela polícia em 400 lésbicas, gays, bissexuais, transgêneros e simpatizantes decidiu "andar um pouquinho" pela avenida mais importante da cidade.
Mas não foram só andar. Os manifestantes promoveram um "beijaço" em "nome da igualdade de gêneros" e chegaram a fechar uma das pistas no início da noite. O ato foi marcado pelo Facebook como resposta ao discurso de Fidelix, que comparou homossexuais a pedófilos e sugeriu que fossem atendidos por psicólogos - "mas bem longe da gente".

Nenhum comentário: