Translate

quarta-feira, agosto 18, 2010

Queniano é preso na Tanzânia por tentar vender albino para bruxaria


A polícia da Tanzânia prendeu um queniano acusado de tentar negociar a venda de um homem albino.

A prisão ocorreu após um policial fingir ser um negociante tentando comprar órgãos de pessoas albinas para serem usadas em rituais de feitiçaria.

A polícia diz que Nathan Mutei, de 28 anos, enganou o albino Robinson Mkwama, de 20 anos, prometendo um emprego na Tanzânia como assistente de motorista de caminhão.

Mas, na verdade, Mutei estava, segundo a polícia, buscando compradores para Robinson. Um negócio de mais de US$ 250 mil teria sido fechado com o policial que fingiu ser um comprador.

Mutei deve comparecer diante de um tribunal nesta quarta-feira, acusado de tráfico de pessoas.
Saiu na BBC Brasil

Nenhum comentário: