Translate

sábado, maio 29, 2010

Argentino dado como morto diz ter ficado dias em necrotério

Marcia Carmo
De Buenos Aires para a BBC Brasil
Um homem de 67 anos, morador de uma cidade no norte da Argentina, alega que foi dado como morto e que passou pelo menos dois dias em um necrotério antes de acordar.
O caso de José Omar Suárez ganhou destaque no país e foi parar na edição online do jornal La Nación, um dos maiores do país, e também em um canal de TV local.
Suárez sofre de epilepsia e teria desmaiado na rua quando foi socorrido por populares na cidade de Posadas, na província de Misiones (fronteira com o Brasil).
Saiu na BBC Brasil

Nenhum comentário: