Translate

sábado, abril 10, 2010

Carta mostraria que Bento 16 resistiu a afastar padre acusado de abuso



Uma agência de notícias divulgou nesta sexta-feira uma carta, datada de 1985, supostamente assinada pelo papa Bento 16 que envolve o pontífice em mais um caso de abuso sexual cometido por padres católicos contra crianças.
A agência de notícias Associated Press afirmou que teve acesso à carta, assinada pelo então cardeal Joseph Ratzinger, posto ocupado por Bento 16 antes de ser papa. Na missiva, ele resiste à ideia de destituir das funções sacerdotais o padre americano Stephen Kiesle, acusado de abuso sexual.
A AP afirmou que o Vaticano confirmou a assinatura do cardeal na carta.

saiu na BBC Brasil

Nenhum comentário: