Translate

quarta-feira, março 31, 2010

Greenpeace acusa Areva de pôr em perigo saúde de nigerinos



NIAMEI (AFP) - A organização internacional de defesa do meio ambiente Greenpeace acusou o grupo francês Areva de pôr em perigo a saúde dos moradores nas imediações das minas de urânio no norte de Níger, em um relatório divulgado nesta segunda-feira.
"Os moradores de Arlit e Akokan continuam vivendo em um ambiente de atmosfera envenenada, de terras contaminadas e de água poluída. A cada dia que passa, os nigerinos estão expostos à radiação, à pobreza e às doenças", denunciou a ONG de defesa do meio ambiente.
Arlit e Akokan são duas cidades mineiras do noroeste de Níger, país pobre do Sahel onde a Areva, número um mundial da indústria nuclear civil e maior empresa privada do país, explora jazidas de urânio.


G1 economia e negocios

Nenhum comentário: