Translate

sábado, janeiro 06, 2007

Tudo sobre Musica

Black Metal é utilizado para torturar!

Além de invadir o Iraque pra roubar petróleo, documentos revelam que o governo do sanguinário presidente George W. Bush, dos Estados Unidos, tortura prisioneiros de guerra com discos de black metal. A reportagem foi publicada nesta terça-feira (2 de janeiro), no jornal norte-americano Washington Post.
Segundo documentos liberados pelo FBI, agentes especializados em tortura atuam na prisão militar norte-americana de Guantánamo, em Cuba. As vítima preferidas dos torturadores americanos são os muçulmanos, que são "batizados" por um falso padre católico e obrigados a ouvir "música satânica de black metal" por horas. Em outra provocação muito comum, agentes militares mulheres tocavam na face de muçulmanos enquanto eles rezavam, o que é um ato considerado "sujo" para os padrões medievais islâmicos.
O tenente Joe Carpenter, porta-voz do Pentágono, diz que nenhum dos fatos apresentados na reportagem são novos e que o Departamento de Defesa dos Estados Unidos jamais condenou tais práticas, consideradas "comuns" pelos militares americanos.
Fonte: Rock Brigade

Lendo esta reportagem tive a sensação que ainda estamos na época dos bárbaros, o ser humano não evolui e cada dia que passa regride mais, tudo nesta nação pode, afinal ela é do todo poderoso, Sr. da Guerra e Sr. Poluidor e Destruidor da Natureza, prender ditadores e os entregar a forca e depois praticar tais atos de covardia e crueldade é de causar nojo.

Igreja mexicana ganha quadros com astros do rock em exposição

Figuras do rock como o cantor de Marilyn Manson, Gene Simmons (do Kiss) e James Hetfield (do Metallica), entre outros, foram retratadas em pinturas a óleo pelo artista irlandês Patrick Mallow, que apresenta no México sua exposição "Fanatics from Hell" ("Fanáticos do Inferno").
A mostra é formada por dez telas de grande formato nas quais as estrelas do rock são representadas em retábulos. Os anjos são substituídos por enormes cachorros negros, ao lado de caveiras de fogo e motocicletas.
A nave maior da antiga igreja de Santa Teresa, conhecida agora como ex-Teresa Arte Actual, em pleno coração da Cidade do México, é o espaço onde Mallow, que vive na Inglaterra, apresenta suas obras.
No local há um caminho de pedras soltas e folhas secas que leva o visitante a cada um dos quadros. O percurso termina numa pequena capela, onde estão expostos pôsteres de bandas de rock como Pantera, Iron Maiden, Guns N'Roses, AC/DC e The Smashing Pumpkins.
Completam a exposição luvas, chapéus, fotos e desenhos de fãs que prestam tributo a grandes figuras do rock. A exposição ficará aberta ao público até 4 de fevereiro.
Folha ilustrada

Ao começar a ler esta reportagem a impressão que se tem é que a exposição é numa igreja em atividade e não dá para entender, depois vimos que se trata de um local onde foi uma igreja, é claro que rock não combina com religião, já que é considerado por padres, bispos, arcebispo e demais membros da igreja como uma religião do mal.
Eu gostaria muito de poder ver esta exposição, fica aí então a dica para os amantes do rock, que gostam de arte e que estão ou irão para o México até o dia 04/02!

E falando em religião, acredite se quiser

Marilyn Manson viverá um papa de 300 anos no próximo filme do diretor Alejandro Jodorowsky. O longa mostrará um cassino europeu funcionando como um ponto de encontro entre bandidos. É neste cenário que eles encontram o esqueleto de um homem gigante. Jodorowsky não divulgou se Manson será um dos protagonistas da trama, que deve ser filmada na Romênia e em algum deserto na Espanha.
Fonte: Cidade Web Rock

Jon Bon Jovi dá chilique

Jon Bon Jovi ficou irritadíssimo por ter seu bumbum apertado por um fã durante uma festa. É claro que o fã foi expulso pelos seguranças do evento. Também né, lindo e charmoso assim, mesmo com mais de 40 anos, fica difícil mesmo resistir a dar uma apertadinha rsr
Fonte: Cidade web rock


Shakespeare reescrito por Verissimo está entre os mais vendidos

Adaptado para a época atual foi reescrito em um salão de cabeleireiros em Paris, no qual o papagaio Henri apronta das suas. Shakespeare e Verrissimo são dois grandes escritores, claro que cada um no seu tempo e estilo. O "A Décima Segunda Noite" é uma história, contada por Shakespeare 400 anos atrás em "Noite de Reis" e agora foi reescrita por Luis Fernando Verissimo, ele aparece no ranking de livros de ficção mais vendidos sob o título "A Décima Segunda Noite" (ed. Objetiva, 152 págs.). Ainda não li, porém o sucesso do livro já diz tudo, vale a pena conferir!
Fonte: Folha Ilustrada

4 comentários:

Águas da Vida disse...

Nossa essa noticia das torturas é incrivel, até que ponto esse maniaco de Bush quer chegar...
Marilyn Manson viverá um papa? Pagar para ver!
Verissimo é um grandissimo escritor creio que o resultado sera otimo.
Parabéns pelas noticias querida Fatima!

Hilda disse...

Como sempre Fátima, você traz notícias boas, mas o que gostei mesmo foi a dica do livro de Veríssimo! Beijocas...

Ricardo Rayol disse...

Bom, Mason=Papa... o diretor deveria ir procurar um especialista em disturbios mentais.

Sou contra a tortura apesar de ser a favor da pena de morte... quer dizer, mais ou menos, se eu pegasse o assassino ou estrupador de alguma pessoa chegada tenha certeza que ele ia ir bem devagarinho ao encontro do chefe lá debaixo. Se isso irá custar minha danação eterna daí me entendo com São Pedro.

Anônimo disse...

Oi amor é o dani visitando o aguas da vida pela primeira vez.Sobre os soldados americanos estarem torturando os presos em guatánamo com black metal, putzgrila que inveja, eu queria estar lá no lugar deles curtindo o som, mas tudo bem.não é a primeira vez que os americanos fazem isto,ferdinand marcos já foi contemplado com este tipo de tortura os soldados americanos espalharam várias caixas de som pra lá de potentes em volta da embaixada nas filipinas e botaram death metal, só um detalhe ferdinand marcos apreciava musica clássica,tenho aquí em casa algums cd's de black metal pra quem não está acostumado realmente assusta. Quanto ao marilyn manson fazer papel de papa bem pra começar sou protestante,sabemos que ao longo dos céculos o mundo teve muitos papas sangrentos que torturaram queimaram na fogueira entre outras diversas crueldades.Talvez o diretor do filme tenha uma visão diferente do papa que os católicos e as outras pessoas tem,ou seja a mesma que a minha. Além do mais essa estranha instituição que é a igreja católica está começando a colher todo o mal que plantaram e todas as vidas inocentes que tiraram desde o início da sua fundação.Beijos do seu amado dani.