Translate

quinta-feira, dezembro 21, 2006

Crônicas & Críticas

FOI O QUE ME CONTARAM
O seu nome era James. Americano e aventureiro; queria conhecer o Brasil por causa das “mulatas calientes”, que via na TV e das histórias que outros turistas diziam. Mas, não conheceu as mulheres brasileiras e ardentes que tanto sonhava. Encontrou Maria Lurdes; uma moça negra, batalhadora e estudiosa. O primeiro encontro foi no elevador do prédio, onde morava um amigo seu. Ao vê-la à primeira vez, apaixonou-se. Quis conversar, mas ela o respondeu secamente( em inglês) que estava com pressa; não podia conversar.

Outro dia, quando o amigo convidou-o a comer pizza, viu outra vez a moça. Ela nem lhe deu atenção. Curioso, perguntou ao amigo se a conhecia. “Ela toma conta de uma senhora à noite e faz faculdade de Psicologia à tarde. Rala pra caramba. Sei disso, porque a moça que faz faxina aqui em casa é amiga da empregada, que trabalha com a senhora.".

James não desistiu de conquistá-la. Começou a cercá-la, mas foi difícil. Ela nunca tinha tempo para sair. À medida que o americano ia conhecendo-a, a fantasia sexual em se envolver com uma latina foram substituídas pelo amor e admiração. James ficou admirado com o esforço dela, em estudar e almejar vencer na vida através dos estudos. Começou a entrar no mundo de sacrifícios e batalhas de Maria Lurdes.
No início, a moça não gostava do estrangeiro. Achava que o americano só desejava uma aventura fugaz. Porém, quando percebeu que James gostava realmente dela, amou-o também. Casaram-se e foram morar em Jacarepaguá, zona oeste do Rio de Janeiro.

Bem... foi o que me disseram. Aliás, essa história daria uma ótima novela, estou visualizando o título:

UM AMOR VERDADEIRO NOS TRÓPICOS

http://dudu.oliva.blog.uol.com.br/
http://duduoliva.blog-se.com.br/blog/conteudo/home.asp?idblog=13757

2 comentários:

Águas da Vida disse...

Concordo plenamente que daria uma excelente novela. Feliz natal Dudu.
Big kiss

Ricardo Rayol disse...

Bela estória... final feliz a todos...