Translate

segunda-feira, setembro 04, 2006

Raiz dos Males

Todos têm direito à saúde, moradia, emprego, educação, etc. Isto é o que está escrito na constituição brasileira, mas a “vida prática” mostra o contrário.
Há milhões de brasileiros morando na rua, destes, a maioria é criança ou adolescente, que assim como é sabido por nós, “são o futuro da nação”. Mas que futuro darão eles à nossa nação se a esperança já não brilha mais em seus olhos?
Cada dia de suas enfadonhas vidas lhes desperta a noção de que muito provavelmente não sairão daquela situação. Cabe ao governo investir em educação de qualidade nas escolas públicas e não parar por aí, pois só oferecer educação não será o suficiente. Deveriam ser criadas casas de apoio para os pequeninos terem onde dormir e se alimentar adequadamente, fazendo-os preocuparem-se somente com os estudos, podendo assim vislumbrar um futuro melhor e mais dinâmico.
Além da educação, o governo deveria investir mais na saúde pública, que por qualquer “ângulo” de vista, está numa situação alarmadora. Os médicos ganham míseros salários e não têm ao seu alcance vários instrumentos para trabalhar, acarretando imensas filas de pobres iludidos com vãs esperanças de que um dia serão tratados.
O emprego prometido na constituição há muito foi extinto. O ser humano, por natureza, busca sua sobrevivência a qualquer preço. Não havendo a oferta de empregos, caem no banditismo, gerando a tal violência que tanto repudiamos, mas não “cortamos pela raiz”.
Enfim, basta que todos se conscientizem da raiz de todos este males para podermos pressionar o governo a fim de fazê-lo administrar melhor as verbas sob seu poder e daí respirar a ufânica esperança de um Brasil melhor.

10 comentários:

A Crítica disse...

Me desculpem pelo atraso!
Grato pela compreensão, Abraços!

Hilda disse...

A Crítica, de minha parte está mais que perdoado, principalmente pelo texto de tua estréia. Bom tema ...
Concordo que temos que pressionar o governo, mas antes, precisamos eleger um governo que aceite nossa pressão e aplique o dinheiro onde deve ser aplicado e não aja como se quando venceu a eleição, ganhou o país... como se ganhasse o Brasil e todas suas riquezas, concorda?

Águas da Vida disse...

Perdoado pelo atraso, como disse a querida Hilda valeu a espera, excelente texto! Concordo com Hilda, eles qdo ganham a eleiçao acham que ganharam o país, se sentem donos da populaçao, quando na verdade sao empregados do povo.

Big Kiss

A Crítica disse...

Muito obrigado, vou postar ainda alguns textos meus na proxima segunda que já foram publicados, que servem de apoio para esse, e falam muito mais coisas reais e absurdas que passam desapercebidamente, não só nesse governo, mas em vários dos que se passaram.
Boa noite!

A Crítica disse...

Ah...quase esqueço, concordo plenamente com sua idéia. Essa história dele achar que o país é dele irá se intensificar agora quando ele for reeleito, porque agora é que ele vai poder fazer o que quiser, afinal, ele não pode mais se reeleger em 2010...com certeza vai aproveitar os ultimos 4 anos...

Águas da Vida disse...

Evandro Deus nos acuda...Lula mais 4 anos? Coitado do brasileiro, tens toda razao ele vai querer secar o poço.
Big Kiss

neidemel disse...

olá minha amiga estou em votação no clube melhor idade; e quero te pedir seu voto se possive!l vou ficar agradecida, amiga um grande abraço e uma otima semana: bjos mil

neidemel disse...

olá minha amiga estou em votação no clube melhor idade; e quero te pedir seu voto se possive!l vou ficar agradecida, amiga um grande abraço e uma otima semana: bjos mil

Fatima Gama disse...

Ola A Critica seja bem-vindo a nossa equipe, parabéns pelo texto, muito bom. Acho que o que falta no Brasil são políticos que queiram realmente resolver os problemas existentes aqui, que não desviem as verbas públicas e com elas realizem trabalhos de recuperação da saúde, educação e segurança para que enfim tenhamos qualidade de vida. Bjs

Um Poema disse...

Parabens! Se todo o tempo e todo o espaço de que cada um dispõe, fosse aproveitado para denunciar tudo o que os políticos tinham obrigação de fazer, pelas crianças (mesmo sem promessas) e não fazem, o mundo estaria muito melhor.
Um abraço