Translate

domingo, setembro 03, 2006

Blogar e Coçar é Só Começar

Blogar e coçar é só começar... Uma vez mordidos pelo mosquitinho da net e, principalmente, pelo encanto de ter um espaço para colocar suas idéias e trazer a galera para o debate, fica muito difícil fazer o caminho de volta.

O tempo poderia ser um dos dificultadores para tanta dedicação, mas quando estamos empenhados em fazer alguma coisa de que gostamos, arrumamos um tempinho, encaixado entre um almoço e o lanche, para nos dar um pouco de prazer. Foi desta maneira que coloquei o Águas da Vida em minha rotina semanal, dividindo com o De Cara Pra Lua a satisfação de escrever.

A net é uma grande corrente de amigos. Os tempos modernos mudaram a qualidade das relações e a maneira como desenvolvemos nossos laços afetivos. O amor e a amizade ficaram à exata distância de um mouse ou teclado de computador. São estas relações mais frias? Não acredito. Eu diria que elas são mais voláteis e mais sujeitas à má interpretações, afinal, estão todos escondidos por trás da tela do computador. Uma vez transposta esta barreira do anonimato nós descobrimos verdadeiros tesouros por detrás da máquina.

Quantas pessoas já passaram por minha vida nestes quarenta anos de vida, virtuais ou reais? Muitas. Algumas a gente esquece, mas um dia, recordando um fato do passado, ressurge na memória aquele rosto conhecido e há muito esquecido nos corredores do tempo. Esta semana muitas lembranças renasceram em minha vida. Amigos que eu não vejo há muitos anos estão programando um grande encontro para o mês de outubro.

Tenho recebido diversos e-mails e cada um deles me recorda as histórias do passado, os amores desfeitos, os casamentos que ainda se mantém resistindo bravamente ao tempo e à modernidade. Como estará cada uma dessas pessoas? Quem engordou? Quem emagreceu? Quem ficou barrigudo, careca... As mulheres, certamente, analisarão criticamente umas às outras tentando descobrir quem piorou ou melhorou com o tempo. Quem está sarada e quem se deixou levar pela vida. Mulher é assim... Olha a outra procurando seu próprio reflexo.

Será engraçado, será divertido, mas acima de tudo será um resgate de nossa vida, uma visita ao passado, procurando os erros e acertos e o "por que" da escolha de determinados caminhos.

7 comentários:

neidemel disse...

Olá minha querida!
Vim deixar o meu abraço e desejar a VC um ótimo fim de semana cheio de muita paz e luz na sua vida. Bjos no seu coração.

Águas da Vida disse...

Bem-vinda Susan!
Parabéns pelo texto, realmente as mulheres são as que mais se preocupam com a aparência, apesar de que o homem desse século não fica para traz em vaidade.
Um excelente domingo cheio de paz e amor para ti.
Big Kiss

Hilda disse...

Que surpresa boa!
Susan no Águas da Vida! Já falei em outras ocasiões à Susan, que foi seu blog, suas opiniões e posturas que me despertaram o desejo de ser blogueira!
E agora estamos juntas aqui!
E, como todas crônicas que escreve, essa está execelente também e me levando a meditar sobre as pesssoas que passaram pela minha vida, reais e também virtuais. Parabéns Susan, beleza de estréia no Águas da Vida!

Fatima Gama disse...

Ola Susan, seja bem-vinda a nossa equipe de colunistas do Aguas da Vida, eu tive a emoção na Gazeta dos Blogueiros no texto da amiga Hilda me transportar para meu início de vida na Blogosfera e agora novamente você me dá este prazer, adorei o texto, muito bom parabéns! Bjs e boa semana!

Susan disse...

Oi Fátima, Hilda, aguas da vida, neidemel...Obrigado pela acolhida carinhosa.

Beijos,

Susan

eduardo disse...

Muito bom este novo espaço. parab´nes pelo texto.

Um Poema disse...

É verdade que, quando escrever é actividade que dá prazer, o prazer contagia também quem lê. Gostei do texto.
Um abraço