Translate

terça-feira, agosto 01, 2006

Sol demais mata 60 mil por ano, diz OMS


Até 60 mil pessoas morrem por ano por excesso de exposição ao sol, segundo um relatório divulgado pela Organização Mundial de Saúde (OMS).
Cerca de 48 mil dessas mortes são causadas por melanomas malignos e 12 por outros tipos de câncer de pele.

"Felizmente, doenças causadas por raios ultravioletas como melanomas malignos, outros cânceres de pele e cataratas são inteiramente preveníveis", disse Maria Neira, diretora para Saúde Pública e Meio Ambiente da OMS.

Os raios ultravioletas também causam queimaduras e envelhecem a pele, segundo o primeiro relatório da organização que mede os problemas globais causados pelo excesso de sol.
Medidas simples, como se proteger do sol, evitariam as mortes.

BBC Brasil

Aguas da vida comenta
O exagero, excessos das pessoas expostas ao sol podem causar a morte, mas o que falar de quem trabalha exposto ao sol por necessidade?

2 comentários:

Fatima Gama disse...

Amiga eu estou sofrendo de perto isto, meu irmão está com câncer de pele, realmente cada dia que passa os raios do sol estão fazendo mais mal porque a camada de ozonio está diminuindo e ele entra com mais faciclidade, ultimamente faz mais calor e sentimos o sol mais quente, eu tenho me protegido bastante, fico na barraca, uso protetor e não me exponho ao sol em certos horários mais criticos. Beijos

Hilda disse...

Boa Pergunta, Água!

Será que os responsáveis distribuem loção de filtro solar, chapéus protetores, roupas adequadas a esses trabalhadores?