Translate

terça-feira, agosto 15, 2006

Planta usada por celtas pode ajudar no combate ao câncer


Uma planta de onde os povos celtas extraíam pigmento para pintar o corpo antes da guerra é rica em uma substância que ajuda no combate ao câncer, dizem cientistas italianos.
Conhecida como pastel de tintureiro, ou woad, em inglês, a planta Isatis tinctoria L. pertence à família do brócolis e da couve-flor.

O pigmento azul extraído dela também foi uma mercadoria valiosa no período das Grandes Navegações.

Cientistas da Universidade de Bolonha descobriram que, além do corante azul, a planta também possui altas concentrações da substância glucobrassicina.

Em entrevista à revista científica Journal of the Science of Food and Agriculture, os pesquisadores disseram que o pastel de tintureiro possui 20 vezes mais glucobrassicina do que o brócolis.

Eles disseram também que quando a planta é danificada há um aumento na produção da substância.

Trata-se de um mecanismo de defesa da planta, já que a glucobrassicina é capaz de matar alguns tipos de parasitas.

No ser humano, a substância tem propriedades anticancerígenas, sendo particularmente efetiva contra o câncer do seio.

BBC Brasil

Águas da vida comenta
A grande descoberta do milênio sera a cura do câncer, quantas milhões de pessoas vitimas do sistema são mortas pela doença, por que vitima do sistema? O câncer nada mais é que a doença do capitalismo, fábricas que soltam seus gases nocivos, automóveis que soltam através das marmitas os mesmos gases, fios de alta atenção construídos sobre casas habitáveis, o amianto, o cigarro...Não serão vítimas do capitalismo?

Um comentário:

Fatima Gama disse...

Ola minha amiga, que noticia boa! Lembrei agora que há uns tempos atrás ninguém nem sequer falava o nome desta doença por medo e hoje com esta descoberta parece enfim que os cientistas descobrirão sua cura, adorei saber, ainda mais porque tenho caso na família. Te desejo um lindo dia ensolarado! Bjs no coração