Translate

domingo, julho 30, 2006

Tristemente alegre

Não consegui anular a tristeza;
Ela ficou a comprometer o riso;
Permanece como uma marca;
Uma sinalização da alma;
Não apaga as lágrimas
Ou as alegrias.

Não se afasta da vida;
Nem permite ao rosto;
Se exagerar de exultação;
Como se o riso fosse;
Um entristecer do coração.

Tristeza que;
Não é benigna ou maligna;
Não é doença;
Muito menos maldição;
É algo que se aprendeu;
Quando da vida;
Não se prestava atenção.

Uma tristeza suave,
Como uma criança
Sem lugar para ir,
Sem ter pressa de voltar.

Uma tristeza que convida
Para conversar;
Mas não tem o que falar.

Tristeza calma;
Alimentada;
Que se contenta;
Com o pouco do pouco;
Que senta nos degraus do tempo
E divide memórias;
Ao som;
Da música do vento.

Uma tristeza sábia;
Que não se repete;
E que não salva,
Porém conforta.

Uma tristeza;
Sem ter par para dançar;
Isolada demais para lembrança;
Antiga demais para futuro.

Uma tristeza que acontece docemente;
Mas que continua sendo;
Tristeza.

( Cáritas Souzza)
comentário:
Com alegria comunico que todos os domingos, estarei aqui neste espaço a mim concedido, trazendo ao amigo(a) leitor(a), o que sei fazer: Escrever e publicar versos !

Escrever representa para mim, colocar sentimentos da alma, no momento em que rabisco alguma coisa.

Pensava que escrevia por timidez, por não saber falar, pelas dificuldades de encarar a verdade enquanto ardia, arvorava, na pressa de colocar no papel o que o coração ditava.

Sempre acreditei que escrever representasse fuga; silêncio espalhado; subterfúgio para algo que eu não estava assumindo.
Uma atitude onde buscava me esconder, me retrair, passar despercebida por entre as pessoas.
Mas não.

Escrever é queimar o papel de qualquer forma.
A maior coragem, nunca uma desistência, nunca um recuo, e sim avanço e aceitação.

Escrever poemas não é chegar ao poema perfeito, porém alcançar a forma mais sincera possível de expressão, sem abdicar da imperfeição que assegura a naturalidade dos versos.

5 comentários:

Águas da Vida disse...

Parabéns Caritas pelo poema, importante que escreves muitissimo bem, seja bem vinda ao Aguas da vida.
Big Kiss

Olympio de Azevedo disse...

Um resto de domingo perfeito para você!
Olympio

Fatima Gama disse...

Olá Caritas
Seja bem vinda a nossa casa, parabéns pelo ótimo poema, adorei. Beijos

Fernando Silva disse...

olá amiga caritas, como está? Viu que jah publiquei o template que ganhei no concurso thebest? Hehe...

Adorei o poema, e fico feliz em saber que vai postar toda semana esses lindo versos. Com certeza estarei por aki...Bjos

Um Poema disse...

Escrever!... Se por palavras soubermos transmitir sentimentos, damos ao mundo algum saber, partilhamos a nossa alma, abraçamos a humanidade.
Um abraço