Translate

terça-feira, julho 25, 2006

ONG acusa Israel de usar bombas de fragmentação


O grupo de defesa de direitos humanos, Human Rights Watch, sediado em Nova York, divulgou evidências que diz mostrarem que Israel usou bombas de fragmentação em áreas civis durante a sua ofensiva no Líbano.
Segundo a organização, um ataque de artilharia com munições de fragmentação em um vilarejo na semana passada matou uma pessoa e deixou 12 feridas, inclusive sete crianças.
O diretor executivo do grupo, Kenneth Roth, alega que tais armas não têm precisão e não devem ser usadas em áreas povoadas.
O Exército israelense afirmou que o uso de munições de fragmentação não contraria leis internacionais e que está investigando o incidente.
Críticos deste tipo de armamento destacam que elas deixam para trás um grande número de pequenas bombas sem explodirem, que costumam matar crianças muito tempo depois de disparadas.
A munição supostamente usada por israelenses no Líbano têm uma margem de erro de uma em sete, que o Humanb Rights Watch considera alto demais.
BBC Brasil

Aguas da vida Comenta
Olhem a foto dessa criança e reflitam a dor que ela deve estar sentindo...Nao falo da dor material, mas a dor do espirito. As maiores vitimas do primitivismo e ignorancia do homem, sao as crianças! Uma foto para refletirmos!

2 comentários:

Anônimo disse...

duro é saber que os que fazem isso não tem conciência que esse mal fica pela a vida toda.
a pele pode ate se curar mas a alma fica marcada para sempre bjos. fontesvana

Fatima Gama disse...

Triste amiga, fico sem palavras pra guerra ainda mais com uma foto destas, muito triste!