Translate

quarta-feira, julho 19, 2006

O maravilhoso planeta terra, o que vivemos!


Médicas e enfermeiras sao acusadas de homicídios após Katrina
Uma médica e duas enfermeiras foram acusadas de ter assassinado pacientes de um hospital de Nova Orleans, Estados Unidos, depois da passagem do furacão Katrina, em 2005.
As três, que foram presas e depois liberadas sob fiança, estão sendo acusadas de dar injeções letais para quatro pessoas.

Pelo menos 34 pacientes morreram no Memorial Medical Center, que ficou isolado depois da passagem do furacão Katrina por Nova Orleans no dia 29 de agosto de 2005.

Promotores investigaram as acusações de negligência e eutanásia e intimaram outros 73 funcionários do hospital a participar do inquérito.


Anistia faz alerta sobre mortes de mulheres na Guatemala
A Guatemala ainda não está tomando medidas para lidar com um grande número de assassinatos de mulheres e crianças no país, de acordo com a organização de defesa de direitos humanos Anistia Internacional (AI).
Segundo a organização, houve pouco progresso nesse sentido desde junho de 2005, quando ela fez um apelo para que as autoridades tomassem providências em relação ao problema.

Até 70% dos assassinatos de mulheres não são investigados, e ninguém foi preso em pelo menos 97% dos casos, disse a Anistia.

Algumas autoridades do país reconhecem a seriedade do problema, mas várias ainda tendem a culpar as vítimas.

O mais recente relatório da Anistia Internacional menciona dados da polícia que mostram que 229 mulheres e meninas foram mortas na Guatemala no primeiro semestre de 2006.


Novos ataques israelenses matam 40 no Líbano
Novos ataques das forças israelenses no Líbano deixaram pelo menos 40 civis mortos no país nesta quarta-feira.
Moradores atingidos disseram que um ataque aéreo matou pelo menos 20 pessoas na cidade de Srifa, região sul. A polícia libanesa disse também que outras pessoas morreram em bombardeios em Nabatiyeh, também no sul, e em Baalbek, cidade da região norte.

Israel vem atacando o Líbano há oito dias depois que o grupo Hezbollah, baseado no país, capturou dois soldados israelenses

O Hezbollah vem reagindo aos ataques lançando foguetes sobre cidades israelenses, incluindo Haifa, a terceira maior. Nesta quarta-feira, ao menos seis novos ataques foram feitos.


BBC Brasil

Aguas da vida comenta
Esse planeta é o que vivemos, caos sobre caos, mortes, guerras, injustiças...Sinto vergonha de ser chamada de ser humano, coisa pensas?

Um comentário:

Fatima Gama disse...

Nossa amiga
Fiquei arrepiada com tanta coisa ruim, o ser humano cada vez mais egoísta e desumano! Muitas previsões da Biblia se cumprem! Está cada vez mais perto o dia da grande Ira de Deus! Beijos